Incidência Solar: Como Medir?

A incidência solar faz parte do nosso dia a dia e afeta constantemente a nossa vida. Mas você sabe exatamente o que é a incidência solar? Por que calculá-la pode ser útil?

Confira, neste post, um resumo sobre o que é e como medir a incidência solar!

O que é a incidência solar

A incidência solar é, basicamente, a radiação solar que incide sobre uma determinada área na superfície da Terra.

Vários fatores influenciam a quantidade de radiação que incide em determinado local:

  • O movimento de rotação e translação,
  • A inclinação (de 23°) do eixo do planeta,
  • Latitude,
  • Cobertura de nuvens, entre outros.

Essa radiação é corresponsável pelo aquecimento da Terra e também pelos fenômenos meteorológicos.

Como medir a incidência solar?

Há diversas formas para medir a incidência solar em uma determinada região.

Utilizando um Piranômetro

Para medir a incidência solar, com esse método, é necessário ter dois materiais: um piranômetro e um sistema de registro de dados adequado.

O piranômetro é o equipamento utilizado para medir a densidade de fluxo da radiação a partir de uma superfície plana.

Para medir a radiação, ele se baseia na diferença entre a temperatura de uma superfície branca e a temperatura de uma superfície preta. Essa diferença de temperatura entre as superfícies permite que o equipamento faça a medição da incidência solar por meio do potencial gerado num componente chamado termopilha.

Para operar o piranômetro, o usuário precisa ter um conhecimento básico sobre a medição de radiação solar e seguir algumas regras:

  • Verificar se o seu piranômetro segue os regulamentos e diretrizes aplicáveis para esse tipo de medição solar.
  • Determinar quais os dados você vai necessitar. Se são valores diários, por hora ou por tempo intermediário. Quanto menor o tempo do dado necessário, maior deve ser a qualidade do seu instrumento.
  • Para aumentar a qualidade da informação, é interessante ter mais de um instrumento para a medição. Assim, você pode conferir se os dados estão batendo e se algum instrumento apresenta algum erro.
  • Acompanhe o sistema de medição e os sensores. Confira se estão sempre limpos e sem danos, para que os dados sejam os mais precisos possíveis.

Utilizando a Carta Solar

Caso você não tenha acesso a esse tipo de equipamento, também é possível medir a incidência solar utilizando uma carta solar.

A Carta Solar é a representação geométrica do percurso aparente do sol. Esse percurso é identificado por meio do azimute e da altitude solar sobre um plano e é mais utilizada na construção civil, para orientações de fachadas.

Para obter a incidência solar utilizando a Carta Solar é necessário seguir alguns passos:

  • Sobrepor um transferidor de ângulos sobre a carta solar, para determinar os ângulos de sombreamento.
  • O ângulo horizontal será formado entre a projeção do raio e o plano da fachada em planta baixa.
  • O ângulo vertical frontal é formado pela projeção do raio perpendicular à fachada em visualização em corte.
  • E o ângulo vertical lateral mostrará a projeção solar em determinado período do ano na fachada do local.

Como avaliar a incidência solar no meu imóvel?

Em geral, técnicos especializados utilizam as técnicas apresentadas anteriormente para identificar, com mais precisão, a incidência solar das regiões analisadas.

É importante que, mesmo não contando com os instrumentos que apresentamos anteriormente, você procure saber sobre essas informações. A posição do sol ao longo do dia, bem como os níveis de radiação, influenciam a iluminação natural, conforto térmico, ocorrência de ácaros e fungos e, inclusive, a possibilidade de geração de energia solar.

Mas como você pode fazer isso em casa?

Em primeiro lugar, para saber a orientação do sol em relação à sua residência, basta usar uma bússola – há aplicativos para smartphone que cumprem bem essa função.

Aí, basta pensar na localização da entrada e janelas: se viradas para o leste, receberão a radiação na parte da manhã. Se direcionadas para oeste, receberão a radiação solar no fim da tarde.

Para medir os valores da radiação, o Centro de Referência Para Energia Solar e Eólica ( CRESESB) disponibiliza uma ferramenta de cálculo de radiação solar com base nas coordenadas geográficas.

Para ter acesso às coordenadas geográficas da sua cidade, basta usar o Google Maps.

Alguns fatores externos podem influenciar essa questão, como a existência de árvores de grande porte ou residências/prédios altos no entorno.

Por que saber a Incidência Solar é útil?

Ao conhecer a quantidade de radiação de cada local, bem como a orientação de maior incidência, é possível fazer melhores escolhas no que diz respeito à compra, aluguel ou reforma de imóveis, melhor localização de painéis solares, entre outras questões.

O principal uso está relacionado, de fato, à adoção da energia solar como fonte energética – tanto para aquecedores solares quanto paineis fotovoltaicos.

Gostou desse conteúdo? Assine nossa newsletter para ficar por dentro de mais conteúdos úteis sobre energia solar!

TEM INTERESSE?

SOLICITE UM ORÇAMENTO

Postagem relacionadas